Posts tagged insalubridade tintas;insalubridade solventes orgânicos; industria tintas

Insalubridade – Tintas a base de solventes orgânicos

RISCOS QUÍMICOS – TINTAS A BASE DE SOLVENTES ORGÂNICOS

O TRABALHO COM TINTAS É INSALUBRE?

Para uma resposta adequada, precisamos analisar uma série de itens, quais sejam:

1)   Composição da tinta – análise da ficha de especificação técnica

2)   Local de trabalho: cabine de pintura, sistema de exaustão/ventilação

3)   Avaliação quantitativa dos solventes orgânicos presentes no ar

4)   Dimensionamento dos equipamentos de proteção individual(EPI) e coletiva (EPC)

Conclusão: é feita com base na comparação dos resultados da avaliação dos vapores orgânicos com os limites de tolerância estabelecidos na legislação (NR15, ACGIH) e levando-se em consideração o uso dos EPIS e os EPCs presentes.

 LAUDO DE AVALIAÇÃO DE INSALUBRIDADE

O laudo técnico de avaliação de insalubridade, com respectiva Anotação de Respomsabilidade Técnica (ART/CREA) é o parâmetro legal  de base para a decisão do pagamento ou não da insalubridade. Porém, caso não haja caracterização da mesma, deve-se seguir as recomendações e procedimentos indicados no laudo de modo a garantir a proteção à saúde dos trabalhadores e o bolso dos empresários.  Assim, evita-se  custos com ações trabalhistas e afastamentos por problemas de saúde.

EXEMPLOS DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO COLETIVA:

Sistema de exaustão com filtros, cortina d´água.

EXEMPLOS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL:

Respirador com filtros de carvão ativo; óculos de proteção; luva de borracha; avental; calçado de segurança.

PREJUÍZOS À SAÚDE

 Irritação dos olhos e vias respiratórias, dermatite… Solventes também pode representar um risco para a segurança. A maioria dos solventes são voláteis e inflamáveis e devem sempre ser manuseados com cuidado.

COMPOSIÇÃO DAS TINTAS

As tintas são constituídas por 4 componentes básicos:

1)      PIGMENTOS: conferem cor, opacidade, características de resistência…

2)      RESINAS: É a parte não-volátil da tinta, que serve para aglomerar as partículas de pigmentos e são responsáveis pela formação da película protetora na qual se converte a tinta depois de seca. Em função da resina, dá-se o nome às tintas, como acrílica, epóxi…

3)      ADITIVOS: adicionados em pequena quantidade, proporcionam características/propiedades especiais às tintas. São eles: secante, bactericidas, fungicidas, anti-espumante…

4)      SOLVENTES: Também conhecido como diluente, é o líquido volátil, utilizado na tinta para dissolver a resina, interferindo na viscosidade da mesma.

Lembramos que VERNIZ é uma tinta sem pigmento…

Leave a comment »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: